marketplace inbound marketing

A Teoria das Pequenas Decisões

Como pequenas decisões atrapalham seu dia, mas podem ajudá-lo a construir um negócio promissor.

O Pedro trabalha em uma startup como gerente de marketing. Ele acorda as 7 horas da manhã, e o Iphone dele informa que ele tem 2 reuniões, uma as 11hs e outra as 15 horas. O Apple Watch informa também que ele dormiu por 6 horas, sendo que 3 horas foram de sono profundo. Ele recebe uma recomendação para dormir mais e com mais qualidade na próxima noite.

Assim que ele levanta da cama, depois das necessidades básicas, a geladeira dele informa o cardápio adequado para o café da manhã, além de mostrar uma lista de compras que ele precisa autorizar a geladeira fazer. Ele autoriza e começa a preparar seu café da manhã baseado nas receitas sugeridas.

Enquanto isso, seu despertador já informou que o trânsito está intenso e ele precisa sair 10 minutos mais cedo de casa. Quando ele desce na porta de seu prédio, um motorista Uber já está esperando. Ele entra no carro e enquanto aguarda chegar no escritório começa a verificar sua lista de tarefas para o dia. Tanto as tarefas que ele precisa entregar para outros companheiros de trabalho, como as tarefas que ele espera que outros colegas entreguem para ele.

Bom, já deu pra entender como é o dia do Pedro, não é? Tudo conectado e automatizado para que sua vida fique mais fácil. Você com certeza deve estar pensando:

– Essa é a Internet das Coisas não é? Já li sobre isso. Tudo se conectará no futuro.

Mas será que é somente isso? Será que o que queremos é apenas ter vários produtos conectados na internet fazendo as coisas por nós?

Será que a internet das coisas veio suprir uma necessidade que nunca tivemos? Ou será que por traz disso há um movimento muito maior?

Já parou pra pensar sobre isso?

Eu sou daquelas pessoas que acredita que há sim um movimento muito maior, que já vem tomando conta do formato dos novos negócios no mundo e muita gente ainda não se deu conta. Eu chamo isso de Teoria das Pequenas Decisões (que não é minha e que muita gente já falou sobre algo parecido).

Eu comecei a pensar nessa teoria quando me deparei com um monte de empresas automatizando a iluminação das casas. Pra mim não faz sentido você pegar um smartphone para acender a luz ou abrir uma porta. E mesmo que você utilize um sistema de aproximação, talvez não funcione tão bem, porque talvez eu não queira acender a luz naquele momento, ou mesmo abrir a porta.

Então eu tive um primeiro pensamento. Será que essas empresas realmente entenderam qual problema ou necessidades elas resolvem?

Outro dia eu li sobre algumas atitudes que caras como o Tim Ferris e o Mark Zuckerberg tomam para agilizarem seu dia. O Tim Ferris, um dos maiores especialistas em “lean startups”, todo dia toma o mesmo café da manhã. O Mark Zuckerberg utiliza as mesmas roupas. Outros muitos empreendedores de sucesso fazem as mesmas coisas, reduzindo o número de decisões que eles precisam tomar durante o dia.

Mas por que eles fazem isso?

Lendo um artigo do próprio Tim Ferris, eu descobri que já existem algumas teorias sobre isso. Ele mesmo desenvolveu muitos de seus hábitos em cima de um estilo de vida com poucas decisões. No artigo ele fala sobre um outro livro que ele leu chamado O Paradoxo da Escolha: porque mais é menos (Veja o Vídeo ao final do artigo). O Tim Ferris descorre nesse mesmo artigo dizendo que ele não acredita que as decisões sejam ruins, afinal muitos presidentes de empresas tomam decisões importantes todos os dias, mas que decisões acabam tomando muito tempo, e esse tempo perdido é que é crucial. E se você foca somente em decisões que geram resultados você com certeza terá um resultado melhor.

Muitos consideram que nossa força de vontade é como um tanque de gasolina. Quando acordamos esse tanque está cheio. Conforme vamos tomando decisões ao longo do dia, esse tanque vai esvaziando, e sobra pouco combustível para tomar as decisões importantes.

Em minhas pesquisas eu entendi que muitas pessoas de sucesso evitam tomar essas pequenas decisões e que isso tem influenciado o resultado dessas pessoas no trabalho. Acredito que você também já tenha entendido isso.

Mas o que isso tem a ver com a Internet das Coisas?

Já chego lá.

A meu ver, até o momento esses caras reduziram suas pequenas decisões na vida em coisas simples como café da manhã e roupas. Mas em que outras situações poderíamos fazer o mesmo?

A lista pode ser grande, mas vou citar algumas coisas além de comida e vestimenta que lidamos no dia-a-dia. Decidir o caminho, contratar alguém, fazer compras, pagar as contas do dia, alugar um imóvel, comprar um carro. Quanta aflição dá só de pensar em ter que decidir isso, não é? A lista pode ser infinita. Mas quantas coisas não gostaríamos que fosse tão fácil quanto pisar no acelerador do carro. Seria muito mais fácil escolher um carro assim não é?

Se você prestar atenção muitas empresas já fazem isso. O Google tem tentado descobrir o que é melhor pra você quando você pesquisa. Ele, além de tentar adivinhar, tenta mostrar resultados ordenados geograficamente, ou seja, que estejam perto de você, e que estejam mais próximos do resultado final. Ou seja, que você vai encontrar aquilo que procura.

É por isso que sites de marketplaces tem crescido muito. Tenho clientes como o Casaecafe e o SupermercadoNow onde estamos tentando reduzir o tempo em que a pessoa gasta para encontrar uma empregada ou fazer uma compra no supermercado. Antes você entrava no site, digitava o que queria, e recebia um resultado. Hoje a intenção é você entrar e o resultado aparecer baseado na sua localização. É isso que o Google quer e é por isso que muitos de meus clientes estão tendo muito sucesso e também é por isso que cada vez mais estamos trabalhando com marketplaces.

Por que?

Porque o Google quer assim. Mas não é só o Google que quer. As pessoas também querem. Inconscientemente ou conscientemente muitas pessoas já não querem mais ter dor de cabeça com isso.

Outras empresas também fazem o mesmo. Por que você acha que o Iphone é mais desejado do que o Android? Já mexeu no Iphone? É muito mais intuitivo, muito mais fácil. Você não precisa pensar muito para usá-lo.

Como essa luz acendeu na minha cabeça

Foi tendo um problema com muitas tarefas que comecei a pesquisar esse assunto. Eu estava atolado de trabalho e os resultados começaram a ser prejudicados por isso. Aposto que muitos aqui podem estar enfrentando o mesmo problema. E a solução me parece essa, evitar as pequenas decisões e ter mais tempo para as grandes decisões.

Vendo também os clientes que tenho e as empresas que entram em contato comigo para criar seus sites ou marketplaces percebi o quanto isso é importante na hora de criar um negócio. Muitas dessas empresas da internet das coisas simplesmente criaram produtos que não resolvem o problema das pequenas decisões.

O SupermercadoNow resolve um desses problemas, que é evitar que você perca tempo fazendo compras. Há muitas outras pequenas decisões que tomamos diariamente que precisam ser solucionadas. Algumas dessas decisões são decisões que nós mesmos podemos evitar, mas outras precisamos de uma ajuda externa, e é nessa hora que precisamos de empresas criando soluções.

Pra mim, a teoria das pequenas decisões é muito maior do que a internet das coisas. No momento em que as startups e empreendedores começarem a pensar dessa forma, encontrando soluções que substituem pequenas decisões, vamos ter tempo para solucionar problemas mais importantes no mundo.

E não utilizamos essa teoria somente para criar produtos ou serviços, mas também para melhorar nosso site, por exemplo, ou para criar uma estratégia de seo.

Por tanto, na hora de criar seu negócio pense em como você pode solucionar um problema de pequenas decisões. Como você pode facilitar para as pessoas não terem que tomar certas decisões? Quanto mais rápido, melhor e fácil você solucionar essa pequena decisão, mais sucesso você terá.

E se nesse meio tempo você precisar de ajuda para sua plataforma, marketplace ou loja virtual crescer, conte comigo.

Grande abraço

Rafael Neaime

Dica: Assista ao vídeo do Barry Schwartz, autor do livro sobre o paradoxo da escolha que vale muito a pena.

Trackback from your site.

biziil

Você quer crescer sem gastar. Nós te ajudamos. A Biziil é uma agência e consultoria que aumenta as vendas de empresas utilizando estratégias gratuitas como Inbound Marketing, SEO, Email Marketing, Blog e Growth Hacking.

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.